Arquivo mensal: novembro 2012

Uma simples coincidência

 

(O pequeno relato abaixo não tem nada demais, nada de profundo – exceto pra mim)

Mundo engraçado. Saindo do estação da Vergueiro, vindo para o trabalho, encontrei o Sr. Nelson, deficiente visual. Quase sempre que venho de metrô, é possível encontrar alguém guiando-o. E hoje, depois de vê-lo apanhar da infraestrutura horrível do Metrô (o piso “braile” dá numa catraca no sentido contrário), fui eu a tentar ajudá-lo.

Para minha sorte, ele estava indo para o Beneficência Portuguesa, hospital por onde passo todos os dias, então pude acompanhá-lo até a porta do setor onde troca sua roupa para trabalhar. Pelo caminho, perguntou meu nome, onde trabalhava, se preocupou com o nosso horário (ele sabia que tínhamos apenas suficientes 5 minutos para entrar, não sei como), apontava para os locais onde costuma comer, prédio onde trabalha, deu até pra saber que além de trabalhar no BP, é também funcionário público em outro lugar de onde sai apenas às 21h. Detalhe: assim como eu, ele entra às 7h.

Mas a parte curiosa é que quando o encontrei, ainda na saída da estação, eu estava de fone de ouvido, que retirei assim que começamos a andar juntos. Então, tão logo o deixei na porta do Bloco I, coloquei de volta o fone e para minha surpresa, de 5GB de música em modo aleatório, estava tocando justamente a linda “Lover of the Light“, do Mumford and Sons, cujo vídeo-clipe é justamente este abaixo, dirigido pelo ator inglês Idris Elba e Dan Cadan. Com belíssima fotografia, o vídeo tem algumas interpretações possíveis, além de Elba, também à frente das câmeras, emocionando como o cego em busca de luz.

Como disse, não tenho nada profundo para dizer a respeito. Fato é que senti um nó na garganta e olhos marejados tamanha coincidência.

http://videoplayer.vevo.com/embed/Embedded?videoId=GBUV71201739&playlist=false&autoplay=0&playerId=62FF0A5C-0D9E-4AC1-AF04-1D9E97EE3961%20&playerType=embedded&env=0&cultureName=en-US&cultureIsRTL=False