Uma simples coincidência

 

(O pequeno relato abaixo não tem nada demais, nada de profundo – exceto pra mim)

Mundo engraçado. Saindo do estação da Vergueiro, vindo para o trabalho, encontrei o Sr. Nelson, deficiente visual. Quase sempre que venho de metrô, é possível encontrar alguém guiando-o. E hoje, depois de vê-lo apanhar da infraestrutura horrível do Metrô (o piso “braile” dá numa catraca no sentido contrário), fui eu a tentar ajudá-lo.

Para minha sorte, ele estava indo para o Beneficência Portuguesa, hospital por onde passo todos os dias, então pude acompanhá-lo até a porta do setor onde troca sua roupa para trabalhar. Pelo caminho, perguntou meu nome, onde trabalhava, se preocupou com o nosso horário (ele sabia que tínhamos apenas suficientes 5 minutos para entrar, não sei como), apontava para os locais onde costuma comer, prédio onde trabalha, deu até pra saber que além de trabalhar no BP, é também funcionário público em outro lugar de onde sai apenas às 21h. Detalhe: assim como eu, ele entra às 7h.

Mas a parte curiosa é que quando o encontrei, ainda na saída da estação, eu estava de fone de ouvido, que retirei assim que começamos a andar juntos. Então, tão logo o deixei na porta do Bloco I, coloquei de volta o fone e para minha surpresa, de 5GB de música em modo aleatório, estava tocando justamente a linda “Lover of the Light“, do Mumford and Sons, cujo vídeo-clipe é justamente este abaixo, dirigido pelo ator inglês Idris Elba e Dan Cadan. Com belíssima fotografia, o vídeo tem algumas interpretações possíveis, além de Elba, também à frente das câmeras, emocionando como o cego em busca de luz.

Como disse, não tenho nada profundo para dizer a respeito. Fato é que senti um nó na garganta e olhos marejados tamanha coincidência.

http://videoplayer.vevo.com/embed/Embedded?videoId=GBUV71201739&playlist=false&autoplay=0&playerId=62FF0A5C-0D9E-4AC1-AF04-1D9E97EE3961%20&playerType=embedded&env=0&cultureName=en-US&cultureIsRTL=False

Anúncios

6 ideias sobre “Uma simples coincidência

  1. wesley

    eu tinha evitado ver qualquer clipe ou ouvir algo do cd novo até aqui, pq queria escutar o cd todo duma vez quando pudesse comprar… mas não resisti e vi o tal clipe… pqp hein, clipe lindo… essas coincidências musicais tem acontecido tanto comigo tbm que nem sei mais se é coincidência 🙂 às vezes tem algum recado embutido aí, sei lá, rs… abs!

    Resposta
    1. Fagner Franco Autor do post

      surpreso também com você por aqui…haha…agora q sei q pode passar por aqui, vou prestar mais atenção no q escrevo, pra não te dar brecha pra me sacanear…haha

      Resposta
  2. Lilian

    Nossa, que clipe lindo. Cheio de possíveis interpretações mesmo. (E quase morri de susto no final).

    Bom, dizem por aí que nada é por acaso, né. Às vezes acho que fazem um filme com a vida da gente, à nossa revelia, e em algumas ocasiões percebemos isso e ainda ouvimos a trilha sonora…

    Resposta
    1. Fagner Franco Autor do post

      Excelente o que disse sobre o filme que fazem da gente e que ainda colocam trilha sonora. É raro, mas acontece. Valeu mesmo por ter passado por aqui 😉

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s